Português  English 
Carrinho de compras

COMPONENTES

O Peixe Pirarucu


O pirarucu é um dos principais peixes da Amazônia, e o maior do mundo de água doce e escamas.
É também, um dos pratos mais tradicionais da culinária local. As peles são subproduto da indústria pesqueira, provindas de criatórios regulamentados ou de programas de manejo sustentado e controlado. Sua pesca é realizada por populações ribeirinhas de maneira sustentável, sob controle de órgãos governamentais e ONGS dedicadas à preservação da espécie e à biodiversidade.
O que antes era descartado como lixo, tornou-se matéria-prima de acessório refinado.
O método de curtimento desenvolvido, usa exclusivamente produtos orgânicos, livres de materiais pesados (chromefree). Este processo de curtimento permite ainda cores mais vivas, naturais e couros com flexibilidade, resistência, maciez e beleza. Qualidades que, juntas, favorecem o design e a originalidade das peças.

Produtos com couro de pirarucu

Pescada Amarela


As mantas de pescada amarela utilizadas, abrem novos mercados e oportunidades para pequenos produtores, colônias de pescadores e populações ribeirinhas, na medida em que criam valor para o que antes era essencialmente resíduo descartado no meio-ambiente. O aproveitamento desses resíduos contribui para a redução de impactos ambientais.
O curtimento dessas peles é basicamente um trabalho de reciclagem. Com o processo utilizado, as peles se transformam em couros macios, maleáveis, resistentes, lucrativos para as comunidades envolvidas nas etapas produtivas, e prontos para serem utilizados em diversos segmentos.

Produtos com couro de pescada

Sementes de Jarina


As sementes de Jarina - fruto de uma palmeira Amazônica - são consideradas gemas orgânicas raras. Devido a sua cor e brilho as sementes são comparadas ao marfim animal. As comunidades de manejo florestal elaboram a secagem e tingimento de forma natural e artesanal. Após concluído o processo, as sementes são consideradas biojóias.
A jarina é, provavelmente, a semente mais nobre da Amazônia para uso em biojóias.
Sua exploração se enquadra na política de desenvolvimento sustentável, entrando como um substituto adequado ao marfim animal.
Atualmente a jarina está sendo utilizada na confecção de jóias, peças de xadrez, palhetas para instrumentos de sopro, teclas de piano, cabos de guarda-chuva, estatuetas, etc.

Produtos com sementes de Jarina

Tricô Artesanal Pele de Cabra


A matéria-prima principal utilizada, é resíduo de couro de cabra da indústria de vestuário. Material esse que seria a princípio descartado no meio-ambiente.
O trabalho é desenvolvido por mulheres, artesãs, donas de casa e agricultoras, que encontram alternativa de ocupação, oportunidade de trabalho e agregação de renda para suas famílias, através do fazer artesanal por produção cooperada.
O projeto também busca dar visibilidade à mão de obra encarcerada como frente de trabalho, favorecendo a ressocialização pelo trabalho.

Produtos com tricô artesanal em pele de cabra